fbpx

Anthurium clarinervium

O nome científico já indica que suas nervuras são claras, decorativas, muito atrativas. Nativo das florestas úmidas do México, o Anthurium clarinervium é uma planta epífita, ou seja, vive sobre outras plantas (Epi = sobre, Fita = planta). Portanto, suas raízes precisam “respirar”, necessitando de substrato bem fibroso, leve e fértil. Prefira uma mistura de fibra de coco com Sphagnum e carvão triturado. Como é nativo de matas, precisa de muita umidade e claridade, mas não o sol forte. Borrife as folhas todas as manhãs, garantindo sua total expansão. Adube mensalmente com NPK líquido 10-10-10. Esse Anthurium não é uma planta cujas inflorescências sejam a parte mais atrativa e decorativa, mas sim suas folhas cordiformes (em forma de coração) que são muito aveludadas. Quando crescer muito, pode aumentar o vaso, mas não use vasos de barro. Aliás, essa dica vale para praticamente todas as plantas da família Araceae, como os Philodendron, Monstera, Aglaonema, Dieffenbacchia, etc. Essas plantas apreciam ambientes mantido levemente úmidos. Para fazer mudas, é necessário esperar que seu caule cresça muito ou que a planta esteja muito madura para gerar frutos e sementes para que você tenha filhotes. Ou seja, é realmente uma raridade ter uma dessas plantas em sua coleção. Cultive essa linda folhagem e decore a Urban Jungle que já na sua casa ou no seu apartamento. Você já tem o Anthurium clarinervium? Conhecia essa linda planta? Conta pra gente? Grande abraço!

Compartilhe
Tags