fbpx

Companheiras de trabalho

No ambiente de trabalho, plantas podem ser parceiras eficientes. Além de decorar e de tornar o ar mais puro, elas diminuem o estresse e aumentam a produtividade.

Quando iniciou sua pesquisa sobre plantas que purificam o ar, a N.A.S.A., a Agência Espacial Norte Americana, tinha como meta selecionar espécies que auxiliassem na limpeza de toxinas presentes nas estações espaciais. Ou seja: melhoram o ambiente de trabalho de astronautas e pesquisadores que vão para o espaço. 

Para nós, que estamos em terra firme, a descoberta mostrou que não precisamos ir tão longe para ter os benefícios das fantásticas plantas purificadoras, principalmente porque a maioria delas são bastante comuns na decoração, na jardinagem e no nosso dia a dia – antúrios, jiboias e samambaias, por exemplo, fazem parte dessa lista, e certamente você já teve contato com uma delas.

Outro dado importante que a pesquisa da N.A.S.A. apontou, confirmado pela Universidade de Washington, também nos Estados Unidos, é que essas plantas podem aumentar a umidade relativa do ar em cerca de 15%, além limpar o ambiente de impurezas, de produtos químicos e de poeira, reduzindo seu acúmulo em cerca de 20%. 

Na Austrália, outro centro de excelência, a Universidade de Queensland, confirmou que a presença de plantas pode aumentar a produtividade dos colaboradores de uma empresa em até 15%. Isso mesmo. Os pesquisadores mostraram que um ambiente de trabalho decorado com plantas chega a melhorar a concentração, o raciocínio e influencia no equilíbrio emocional dos funcionários. Segundo o professor e coautor da pesquisa, Alex Haslam, um ambiente mais verde ajuda o profissional tanto mentalmente como emocionalmente, além de deixá-lo mais envolvido com as atividades laborais cotidianas. Claro, esses efeitos não são imediatos, mas produzidos a longo prazo, na medida que melhoraram a qualidade de vida dos empregados. 

Alguns cuidados

Na hora de inserir as plantas no ambiente trabalho é preciso levar em consideração algumas dicas: a primeira é escolher espécies fáceis de cuidar, que não tragam riscos para aparelhos eletrônicos, como impressoras e computadores, ou mesmo documentos que ficam sobre a mesa. 

Plantas como jiboias, antúrios e pequenas samambaias são bastante indicadas –são fáceis de limpar (quando necessário), não exigem muitas regas e nem a adição frequente de nutrientes. São verdadeiras parceiras no trabalho. Suculentas e azaleias (que acrescentam cor ao ambiente) também são uma boa pedida. A jardineira Carol Costa, no artigo em que dá dicas sobre plantas no home-office, lembra que o uso de cachepôs é bastante indicado, pois evitam a presença de água sobre a mesa.